O Mês das Mães no IPM

28 de maio de 2018
Compartilhe esta notícia:

Diversão em família, homenagens e muito amor. Durante todo o mês de maio, alunos e professores do Instituto Patrícia Medrado programaram uma série de atividades dedicadas ao Dia das Mães. Muitas delas estiveram presentes nas aulas do IPM ao lado dos filhos, netos e enteados para celebrar a data da melhor maneira: jogando tênis!

Na Escola de Tênis Social Trousseau, em Campos do Jordão, as mães foram convidadas a bater uma bola com a garotada, provocando momentos inesquecíveis para todos. Muitas sequer já haviam jogado ou entrado em uma quadra de tênis, o que tornou a atividade ainda mais especial. “Eu queria agradecer em nome de todas as mães que participaram desse evento a oportunidade de passar esse tempo com os nossos filhos e esquecer de toda a turbulência do dia a dia. Foi tudo muito legal e quem sabe não possamos nos reunir mais vezes, pois o tênis é vida”, comentou Michele Simões, mãe da aluna Júlia, de 7 anos.

Já no CEU Casa Blanca, na zona sul de São Paulo, foram realizadas duas ações comemorativas. A primeira, já tradicional na unidade na última sexta-feira de cada mês, uma aula recreativa com a participação das mães e alguns pais, com orientação dos próprios alunos, mostrando autonomia e poder de liderança em grupo. A segunda, uma homenagem às mães com depoimentos dos jovens sobre suas heroínas, seguida de uma roda de conversa que abordou a importância das mães na vida dos filhos e no acompanhamento diário das aulas do projeto.

Para Maria Helena Pierre, mãe do aluno Pedro Gonçalves e tia do jovem Natanael Silva, de 8 e 12 anos, respectivamente, participar da aula com os garotos foi muito especial. “Foi bastante significativo poder estar aqui com o meu filho e o meu sobrinho e ser aluna deles por um dia, no qual puderam me ensinar tudo o que aprenderam no projeto. Fiquei muito orgulhosa”, confessou ela, que ainda completou: “Eu não tenho a expectativa de ter um grande tenista, mas como mãe e como tia tenho certeza que eles, com o que têm vivenciado aqui, serão grandes cidadãos e farão a diferença no mundo.”